sexta-feira, 4 de abril de 2014

O Capitalismo está engendrado na madade; BH, 0401102013.

O Capitalismo está engendrado na maldade
E a maldade está engendrada no Capitalismo,
Um não vive sem a outra;
E enquanto houver o capital,
Haverá o mal
E enquanto houver o mal,
Haverá o capital;
E ambos são nocivos à humanidade,
Ambos gostam e perpetuam a miséria,
A desgraça e a pobreza;
Não há lugar para o bem
E nem para o bom no mundo;
Só o mal se sobressai,
Só o Capitalismo se sobrevive,
Agora inserido até nas religiões;
Quando o capital percebeu que a religião o combatia,
A seduziu e se aliou à religião
E juntos praticam o mal;
A partir do instante em que a religião se aliou aos banqueiros
Agiotas, aos empresários do mercado,
Aos donos da mídia,
Ela abraçou o mal;
E o mal está disseminado em todos os setores da sociedade
E o mal está disseminado em todos os setores da humanidade;
E a indústria do mal é perpétua,
Visa a envenenar para lucrar,
Para escravizar e explorar,
Matar e exterminar,
Não importa o meio de gerar lucros,
Riquezas e poderes
E a tendência é piorar;
Não é por democracia,
Não é por salvação de ninguém,
Não é por liberdade;
É por dinheiro,
Muito dinheiro
E o que gera dinheiro,
É o Capitalismo,
É a maldade,
É o capital,
É o mal;
E de quanto mais dinheiro tomam posse,
Mais miseráveis criam ao redor do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário