segunda-feira, 14 de setembro de 2015

MIKIO, 94; BH, 0110302013.

Através dos meus olhos, abençoo todas as
Pessoas que meus olhos vêem e abençoo
Todas as pessoas que podem me ver
Através dos olhos delas; meus olhos curam
Chagas e cicatrizam feridas crônicas e não
São olhos gordos, grandes, que possuem
Mau-olhado e nem olhos que amaldiçoam
Em quem posso colocar as vistas; meus
Olhos abençoam, através dos meus olhos,
Vi verdejar milharais, canaviais e brilhar
Trigais; vi o azular cada vez mais intenso
Do mar e mais firme do firmamento e o
Azulão a cantar mavioso num ramo dum
Galho; meus olhos não secam fontes, rios,
Regatos, riachos, pelo contrário, através
Deles, com as minhas lágrimas, alimento
As nascentes; através dos meus olhos
Engordo todo o universo, enxergo a mãe
Das estrelas na gravidez; acompanho o
Nascimento de sóis e sustento o amor e
A paz; através dos meus olhos paro o
Tempo, ponho fim às guerras, evito as
Catástrofes nucleares, meus olhos são
Orações; e guio navios, naus, naves,
Quando há escuridão e os mares estão
Bravios; através dos meus olhos a
Humanidade estará eternizada, o ser
Humano preservado e a raça humana
Valorizada; meus olhos são constantes
Orações, orações infantis, através dos
Meus olhos, as crianças oram por seus
Pais, avós, professores e amiguinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário