terça-feira, 5 de junho de 2012

Apropriar os meus órgãos; BH, 0110901999.

Apropriar os meus órgãos
De substâncias necessárias
Ao meu desenvolvimento;
Transformar a natureza própria,
Para apreender na memória,
A resposta para a evolução;
Aprender com profundidade,
A amar ao próximo,
Como a mim mesmo;
Tornar-me semelhante ao sábio,
Assimilar sabedoria;
Absorver o assimilativo,
Lado a lado com a felicidade e
Ser assimilável também com os outros;
Lúcido e transparente,
Claro e iluminado
E transpor de vez a mediocridade,
Obtusidade e opacidade;
E toda herança nativa,
Para que sejamos livres,
E filhos da liberdade;
Autênticos e naturais,
Assinados pela vida;
Aquele que recebeu,
A assinatura do destino,
Predestinado a ser feliz,
Longe do medo,
Fora da covardia e
Assinalado pela fé,
Ilustrada na linha do horizonte,
Igual a assinalação do arco-íris,
Depois da chuva;
A aliança da esperança,
A coesão das cores celestiais,
A marca do sinal da luz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário