quinta-feira, 7 de junho de 2012

Será que tenho algum estilo? RJ, 0100101999.

Será que tenho algum estilo?
Será que sou metafísico,
Materialista, ou sentimentalista?
Que espécie de personalidade,
Sou em minha concepção?
Tenho percepção?
Tenho algum sentido?
Que tenho preso no fundo de mim,
Que não consegue vir à tona?
Não consegue se libertar
E nem emergir?
Que espécie de cadeia é esta?
Que correntes, que algemas,
Detêm-me preso nestas masmorras?
No meu calabouço?
Quando será que sairei
Destes cárceres?
Destes labirintos subterrâneos?
Destes esconderijos mortíferos?
Formados de procelas mentais,
Formados de restos de pensamentos,
De espíritos incompletos
E almas atormentadas;
Será que algum dia,
Ainda em vida,
Acordo deste pesadelo?
Ou terei que levar para as catacumbas,
Todas as respostas que não soube encontrar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário