terça-feira, 5 de junho de 2012

Quero me mudar; RJ, 080101999.

Quero me mudar
E não consigo;
Até hoje não me aceito,
Do jeito que sou;
Não me acostumei comigo,
Quero me mudar
E não consigo;
Não é como se fosse
Mudar de endereço,
Não é tão fácil assim;
E preciso me mudar,
Antes de morrer;
Preciso me transformar
E não posso morrer assim,
Do jeito que sou;
Talvez não seja aceito,
Nem no céu
E nem no inferno;
Preciso prestar para algo,
Ser aceito em algum lugar,
Preciso ser aceito por mim mesmo;
E quero me mudar,
Chega de angústia,
Chega de ânsia,
Chega de depressão;
Quero dar um basta
E não ficar só nas palavras;
Partir já para os atos,
E quero me renovar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário