quarta-feira, 6 de junho de 2012

É um assalto ao povo o que o FHC; BH, 090901999.

É um assalto ao povo o que o FHC,
Fernando Henrique Cardoso, está
A fazer com a nação; é o ato e o
Efeito de assaltar literalmente, é de
Ladrão; é um assassinato da
Natureza, o que FHC, Fernando
Henrique Cardoso, está a deixar a
Acontecer com as matas e as
Florestas e a natureza em geral; é
Um assassínio da flora e da fauna,
Um crime de assassinar hediondo
E inda tem a coragem, a desfaçatez
E a falta de vergonha de aparecer a
Rir na televisão, com se nada está
Anormal; e é um assassino que
Cometeu todos os tipos de morte,
Pois, a tirar as queimadas, as secas
E as destruições ambientais, uma
Criança quando morre numa
Repartição de saúde pública, a
Culpa é de FHC, é de
Fernando Henrique Cardoso
Também; ele que matou com a
Política destruidora que impôs
Ao Brasil; é ele que assassina
Nossas vidas, nossa felicidade e
Esperança; enquanto enche de
Dólares as burras da burguesia,
Os cofres das elites assanhadas
E deixa o povo padecer, por
Abandono e descaso; asseado e
Limpo, namorador, penteado e
Sorridente: enganador; fala em
Vários idiomas, todo assanhadiço,
Cheio de sanha e assanha-se com
Felicidade a arreganhar os dentes,
Ao parecer querer morder igual
A um canibal, as carnes da gente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário