quarta-feira, 6 de junho de 2012

Romário; RJ, 090901999.

Romário: eu e milhões de brasileiros estamos contra
FHC, Fernando Henrique Cardoso; fiquei triste com
Os dizeres da última camiseta que exibiste depois do
Teu gol: "FHC, eu e muitos estamos com você";
Ainda bem, Romário, que sois muitos, porém, não
Sois os milhões de desempregados, sem tetos, sem
Terras, sem saúde, sem educação, sem segurança e
Microempresários quebrados, donos de indústrias
Falidas, agricultores e pecuaristas inadimplentes
Pelos altos juros cobrados nos bancos; e os sem
Remédios, os mendigos, menores abandonados, as
Crianças em trabalhos escravos e catadoras de lixo,
Crianças empregadas pelos traficantes das favelas,
Que tu conheces muito bem; tu, os muitos e o FHC,
Fernando Henrique Cardoso, não estão nem aí; tu
Surpreendeste-me, tornei-me flamenguista por tua
Causa, posso deixar de ser; os muitos e FHC,
Fernando Henrique Cardoso, não me surpreenderam;
Sempre esperei isso mesmo, daqueles que nunca
Querem fazer nada e só sabem fingir; nem um fogo
Na matas, nem a destruição da natureza eles são
Capazes de impedir; de tu esperava outra postura,
Que sempre pensei imaginar; não esta de apologia
À demagogia: meus pêsames, finado Romário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário