quarta-feira, 6 de junho de 2012

Combater a mentira; BH, 090901999.

Combater a mentira,
Igual a cada um dos combatentes
Em esgrima;
Igual a cada um dos lutadores
De boxe;
Evitar a tentação do mentiroso,
Alvoroçado e assanhado;
Impedir o assanhamento,
Do falso namorado despudorado despenteado;
E todo aquele que com ilusão,
Vier a assanhar-se com a falsidade,
Cortar logo as asas e as raízes;
Encher-se logo de asco com a sanha,
Alvoroçar-se logo para,
Colocá-lo para correr,
Porta a fora aos ponta-pés;
Despentear-se o topete na luta
E não entregar-se ao assédio
Dos falsos profetas apocalíticos;
Assediar só a verdade e
Cercá-la com ponto fortificado;
Importunar sem descanso a mentira,
Andar no meio dos porcos
E assear-se ao deitar;
Limpar os pés do espírito e
Compor os pensamentos de meditação;
Adornar-se com amor e paz e
Ser asséptico e metódico,
Como se estivesse a se prevenir
Ao acesso de germes e vermes nocivos
Ao próprio organismo;
E então, fazer a assepsia completa,
Deitar a cabeça no travesseiro
E sonhar com a felicidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário