quinta-feira, 13 de julho de 2017

Deixa ver se capto um pensamento do mais longínquo possível; BH, 0110130202007; Publicado: BH, 01º0802014.

Deixa ver se capto um pensamento do mais longínquo possível,
Deixa ver se capto uma vibração dalgum espírito oculto;
Se depender só de mim, não registrarei pensamento nenhum, e,
Então, recorro aos espíritos que vagam sem sepulturas;
E às almas que por ventura querem continuar na aventura por aqui,
Neste mundo, se por algum motivo, não foram aceitas do lado de lá,
E teimam em permancer a zanzar em volta das catacumbas;
Deixa ver se consigo preencher as lacunas em branco dentro de mim,
Se levar a sério, posso ocupar o espaço oco, o vácuo cerebral, mas,
Não habitam em mim espíritos geniais; os seres que sou, só não
Queremos contato, com almas do tipo das que arrastaram um menino
De seis anos, pelas ruas do Rio de Janeiro, preso num cinto de segurança,
Do lado de fora dum carro; essas almas têm de voltar logo para o lugar de
Onde vieram, o inferno; não tive infância, pois, sempre fui uma criança
Estúpida, não tive adolescência e juventude, porque, também, a estupidez
Não deixou; e agora, na fase adulta, na maturidade, continuo, ainda, afogado
Na estupidez, e, na ignorância; quisera poder gritar obrigado aos céus e à
Terra e ao universo, ou até mesmo a Deus, mas, não posso gritar obrigado,
Não tenho nehuma qualidade ou utilidade para agradecer a alguém; nada fiz
De belo, não construi castelos, não edifiquei pontes, não fiz nada paralelo, nem
Pirâmides ou monumentos que se tornaram maravilhas do mundo; qual descoberta
É creditada a mim? qual abra-prima é assinada por mim? qual o trabalho leva o
Meu nome? só o trabalho que dei aos meus pais, professores, amigos, patrôes,
Família e donos de bares e botecos onde tomei os meus porres; qual a imagem
Boa, nítida, de alta definição e digitalizada que deixei de mim? qual a mulher que
Já se emolgou ou teve prazer em meus braços? vejo aqui em minha frente um
Time a tocar, entre eles, Eric Clapton e Billy Preston: perfeitos, felizes, sem falhas,
Sem erros, o mais completo antagonismo daquilo que sou; o maior contraste com
A minha personalidade e caráter, nunca fiz ninguém e nem alguém rirem de
Felicidade; porém, todos já gargalharam da minha cara de imbecil, cara de bufão e
De bobo da corte, verdadeiro tartufo da realidade; ai, aí, ai de mim, fico desesperado,
Vivo desesperado, pai e filho da angústia, casado com a ansiedade; e longede 
Encontrar contentamento, longe dos aplausos e dos bravos e uras; minha alma, rios
E rios de lágrimas, meu coração, geleiras séculares e trevas eternais, meu espírito,
Longe de um sersaudável, não encontra refúgio, nem no sol e nem na lua e as 
Estrelas não enfeitam minhas noites e na natureza nada mais me alagra; não faz
Mais sentido para mim a flora e a fauna, cinzas e cinzas e cinzas, sou um tronco 
Distorcido, enegrecido pela queimada e a biodiversidade que me compunha virou
Fumaça, e nem sei onde os passarinhos construirão os seus ninhos; sem galhos e
Sem sombras, não sei mais onde se abrigarão as crianças, e as mulheres, quem
Protegerá as mulheres? as bombas cairão de repente, suaves iguais as neves
Que caem no rigoroso inverno; estou preocupado, tento ficar a pensar em encontrar
Uma solução e não encontro razão, tento ficar a pensar em encontrar uma resolução
E não encontro noção; preciso de perdão, se algué me entender, com certeza me
Perdoará, se alguém me compreender, buscará me desejar boa sorte na vida e ne
Morte e se algum dia eu nascer de novo, quem sabe não encontrarei outro norte?
Billy Preston, Andy Fairweather Low, Steve Gadd, Nathan East, David Sancious,
Eric Clapton, são esses que são os caras donos da bola, a boa música que sabem
Fazer e nos legar; somewhere over the rainbow, way up hight, there's a land, that
I heard of, once in a lullaby, somewhere over the rainbow, skies are blue, and the 
Dreams, that you dare to dreams really do come true; some day I'll wish upon a star,
And wake up were the clouds, are fair behind me, where trouble melt like, lemon 
Drops, way across the chimney tops, that's where, you'll find me; somewhere over
The rainbow, blue birds fly, birds fly over the rainbow, why then, oh, why, can't I?
Some day I'll wish upon a star, and wake up where the clouds, are far behind me,
Where troubles melt like lemon drops, way across the chimney tops; thats where
You'll find me, somewhere over the rainbow, blue birds fly, bird fly, over the rainbow,
Why then, oh, why can't if happy little bluebirds fly, Beyond the rainbow, why, oh,
Why, why can't I.

Nenhum comentário:

Postar um comentário