quarta-feira, 30 de maio de 2018

Amigo e de uma vez por todas; BH, 0260602006; Publicado: BH, 090902009.

Amigo e de uma vez por todas,
Acabes com a hipocrisia da mesquinharia,
Seres mesquinho, apologista da mesquinhez,
Acaba com a harmonia, põe fim à nossa
Irmandade e afugenta a sabedoria;
Não quero falar mal de tu e nem
Gosto de falar mal do semelhante,
Mas na ignorância és um gigante
E na burrice um elefante, não vás
Mais avante, nem dês passos adiante, pois
O abismo está debaixo de teus pés; falta-te
A verdade, desconheces a coragem
E não procuras viver em outro caminho,
Longe da ingratidão, da mágoa;
Coisas pequenas demais ocupam teu cérebro,
Causos insignificantes demais fazem parte
Do teu cotidiano; falta-te reciprocidade,
Educação e afinidade humana; pois
A tua alma humana falta raça e ao
Teu espírito humano falta o ser; então,
Veja irmão, o que será de ti, que
Não ofereces nada, nada tens para
Oferecer e nem para servir? não sabes ser
Cortês e nem gentil, tens medo de
Existir e encavernas nas tuas
Cavernas dentro de ti e nem Platão
O tira mais daí; verdadeiro troglodita,
Não te impressionas com a cultura e
Desprezas a inteligência e a sabedoria;
Segues com indiferença aos princípios,
Não preservas dignidade e nem honra;
Na memória só guardas quem fica a dever-te,
Esqueces a quem deves e cobras antes de pagares;
Já cansei de falar que todo bom cobrador
É mau pagador? digas: “ sou cheio de
Defeitos, envergonho-me deles, arrependo-me
Deles e espero não repeti-los jamais.”



Nenhum comentário:

Postar um comentário