domingo, 13 de maio de 2018

Mereço sofrer, RJ/SD; Publicado: BH, 0290202012.

Mereço sofrer,
Fui eu quem procurei,
Fui eu quem fui atrás,
De tão fraco que sou,
De tão covarde que sou;
Mereço mais é morrer
Do que viver;
Quem foi que me mandou
A me meter a besta?
A achar que estava fácil,
A achar que estava tudo certo?
E na hora agá,
Na hora dos olhos nos olhos,
Foi que acordei,
Mas já era tarde;
Estava caído,
Estava morto,
E nem cova encontrei;
Olhei à volta
E só deparei,
Com um olhar cínico,
Um sorriso irônico,
Que bateu em cheio,
Em minha cara,
Como se fosse uma porrada,
Que me prostrou por terra;
Deixou-me inerte,
Imóvel na poeira,
Sem esperança e fé;
Largado na sarjeta,
Sem luz e brilho,
Só em lágrimas e prantos,
Pesadelos e dores,
Desgraças e misérias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário