quarta-feira, 30 de maio de 2018

Bush é o nosso exportador de royalties de guerra; BH, 0170602006; Publicado: BH, 0110902009.

Bush é o nosso exportador de royalties de guerra;
É a ele que pagamos as importâncias cobradas, 
Pois é o proprietário de toda patente do produto 
Bélico americano; todo processo de produção, 
Marca, etc; é o autor da obra para permitir o uso e
A comercialização de tudo que causará o
Ranger de dentes daqueles que forem contra
Seus intentos; Bush é o nosso inimigo e
Gosta de criar em nós, seres humanos,
A humanidade, a raça humana, tudo o
Que possa produzir ruído áspero como o
De um atrito de um objeto sobre o outro;
Ele só dorme com o chiar e o lamento
Das crianças, depois dos bombardeios e há
Ainda quem o aplauda: não, eu; ele
Não consegue abster-se de sangue e nem
Privar-se do alimento das carnes dos cadáveres
Despedaçados; se ainda bebesse álcool ou
Fumasse tabaco e conseguisse conter-se e
Refrear-se nos seus mórbidos princípios de
Assassino, o mundo seria outro e não tão
Errado o quanto é; Bush, só sabe fazer a
Apologia à guerra, procura sempre um só
Discurso para justificar, defender ou louvar
A guerra, nunca faz louvor à paz ou um
Só elogio à liberdade; a não ser a dele;
Sempre gosta de ver a humanidade bem
Atemorizada; só existe quando alguém
Sente medo e temor e realizar-se é,
Ver alguém amedrontar-se, assustar-se e intimidar-se;
Assim é o nosso atroz Bush, espantoso e assombroso;
Haja adjetivação, para alguém que não é
Nada comovente, gosta do que é doloroso e
Satã perto dele é pungente, enquanto ele é
Intolerável e não tem decoro com o mundo;
Não tem correção moral nem com ele mesmo,
Perdeu a compostura e nasceu sem decência;
Pergunte a ele o que é dignidade, nobreza e honradez?
Para quem é detentor de todo mal que nos atormenta,
Não conserva isto em seu poder
E nem é depositário de perdão.




Nenhum comentário:

Postar um comentário