domingo, 13 de maio de 2018

Olha garota, RJ, 1980; Publicado: BH, 0290202012.

Olha garota,
Não queres fazer amor comigo,
Não queres me beijar a boca,
Não queres me acariciar o corpo
Não queres me descobrir;
Olha menina,
Não queres entregar-se a mim,
Não queres me dar o teu sexo,
Não queres me ver pelado,
Não queres me ver nu;
Olha moça,
Não queres me olhar,
Não queres ficar pelada perante mim,
Não queres ficar nua na minha frente,
Não queres me amar;
Olha virgem,
Não queres ser minha mulher,
Não queres nada comigo,
Não queres deixar eu fazer em ti,
O que o teu papai
Fez com a tua mamãe ou
O que homem algum já fez contigo;
Olha mulher,
Não queres deixar eu acariciar teu corpo,
Não queres deixar eu incendiar-te;
Tens medo de mim,
Tens vergonha de gozar;
Olha fêmea,
Precisas aprender mais sacanagens,
Precisas gostar mais de safadezas,
Precisas inventar novas posições,
Precisas ter orgasmos de outras maneiras;
Olha sedenta,
Podes deixar comigo,
Não vais arrepender-te,
Vais explodir-te,
Vais arrebentar-te,
Vais derreter-te;
Olha ninfa,
Nunca amaste em tua vida,
Igual vais amar hoje;
Nunca pensaste no que aconteceu,
Nunca imaginaste que seria assim,
Nunca esperaste fazer,
O que fizemos hoje;
Olha só,
Dilaceraste-me todinho,
Não me querias,
Não querias que enfiasse
Isto em ti,
Falava que era indecência,
E estás a ver aí,
Dizias que era pecado,
Teimavas que era feio,
Juravas que nunca ias fazer:
Só faltaste morrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário