quarta-feira, 6 de fevereiro de 2019

Multa pancis e muito em poucas palavras; BH, 02070202002; Publicado: BH, 0301102010.

Multa pancis e muito em poucas palavras
E com escrito exotérmico que desprende calor é
O que tento arrancar de mim mesmo de modo
Exotérico da doutrina exposta em público pelos
Antigos filósofos por oposição a esotérico o
Qualificativo dado àquela que só se revela
Aos iniciados e secretamente acho triste sofrer
Por uma exostose proliferação óssea na superfície
De um osso ou até mais ainda só em tentar
Traçar algumas linhas é mais duro do que a
Excrescência no tronco de algumas árvores
Porém é o que quero fazer olhei pela
Exóstoma o orifício da membrana externa
Do óvulo vegetal e vi o cadáver abandonado
Do feto podre ainda envolto em sangue de
Placenta dentro de um pequeno caixão que
Mais parecia uma caixa de papelão para sapatos,
No hall de entrada de um hospital aonde fui visitar
Um parente paciente e no exosporo envoltório
Externo do perispório dos fungos no fundo de
Um quarto imundo jazia o ser exosmótico
Ainda vivo parecia que só a exosmose o movia
Como a corrente de dentro para fora que se
Produz quando dois líquidos de densidades
Diferentes estão separados por uma membrana
E que quando abre o olho no movimento a
Plateia ao redor que assiste pasmada
Responde em coro viveu e no efeito da tal
Endosmose no fechar dos olhos todos clamam:
Morreu e assim se secava o pequeno ser bem
Muito antes do que Deus querer muito antes
De virar exorrizo plantas cujas radículas se alongam
Ao eixo do embrião na época de germinar
Para enfeitar como o exornativo que serve
Para exornar ornamentar para a entrada no
Firmamento engalanar para esconder o
Pecado e entrar no céu com ornato de
Salvo ornamento de cristão enfeite de justo
Adorno de arrependido por debaixo da exornação
Muita penitência confissão pública tudo para
Pagar com a exomologese e fugir do fogo
Do inferno é por isso que sigo à risca o conselho
Daqueles que escrevem sem pensar e eu só
Escrevo sem pensar pois não quero pensar e
Nem gosto de pensar e nem de ter ideia e
Muito menos ideal tenho em mim o conceito
Do exógino como o que tem o estilete fora
Da flor pois a definição está toda fora do
Crânio e a impressão que causa é a que deixa
O olhar exoftálmico na visão da exoftalmia,
Exorbitação dos olhos de visionário que afasta
A debilidade estendida encaminha a fraqueza
Para as sombras leva à exaustão a procura de
Deus e prostração por não encontrá-Lo não é
Assim tão simples fugir de olhos vendados
Com exinanição de sequestrado deixado
A exinanir num cativeiro enfraquecer bem
Acorrentado debilitar em cárcere privado e abater-se
Por não ter o dinheiro suficiente para pagar o resgate.

Nenhum comentário:

Postar um comentário