sábado, 14 de julho de 2018

Alguém por acaso já viu; BH, 0220801999; Publicado: BH, 0290602012.

Alguém por acaso já viu
Militar de profissão prender rico?
Força armada defender pobre?
Insígnias de brasão de negros
Cornos em cabeças de burgueses?
A polícia só usa arma branca 
Para matar desprivilegiados
Desempregados e analfabetos
E pobres e negros sem oportunidades
A única oportunidade 
É a que fere com ponta ou gume
A de fogo que dispara e o 
Projétil impulsionado
Por um explosivo
Com uso de armas e bagagens
Interinamente contra o povo
Completamente contra os favelados
A burguesia está sempre em armas
Preparada para a guerra
Juntamente com a elite
Querem sempre fuzilar
Passar pela bala qualquer
Um que seja proveniente
De classe marginalizada
Usam de armação contra ela
E sabem armar cilada
Estrutura de tortura e choque
Pau-de-arara e afogamento
Jogam os restos no arcabouço
Escondem os esqueletos
Em cemitérios clandestinos
E a armada também
Sempre colaborou
O conjunto de navios de guerra do país
Sempre jogou corpos em alto-mar
Toda a frota e esquadra sabem
Das armadilhas e laçadas corrediças
Preparadas contra os desprotegidos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário