quinta-feira, 5 de julho de 2018

E a preguiça porque será que não falamos na preguiça; NL, 0190402008; Publicado: BH, 0901102009.

E a preguiça, porque será que não falamos na preguiça
E se a desgraça da humanidade é a preguiça? 
Temos preguiça de tudo a começar
Preguiça de viver de pensar e também
De raciocinar e de discernir temos preguiça de
Ler de escrever e de fazer a cultura que seja
A preguiça é a ruína da humanidade é o
Que leva o ser humano ao túmulo e é a
Desgraça da raça humana a pior falta de
Virtude penso que seja a preguiça não
Não foi Deus que a criou penso que talvez tenha
Sido criada pelo demônio Deus jamais criaria
Algo tão ignóbil quanto a preguiça e o homem
Preguiçoso não tem discernimento e nem sabedoria
Não cria não faz não produz não planta e nem
Colhe deixa tudo apodrecer e apodrece junto e o
Que fazer para banir a preguiça do mundo?
Como evita-lá e não deixar que se apodere
De nós? é só reagir toda ação requer uma reação
E a reação maior e a mais unânime e eficiente
Tem que ser contra a preguiça; quando ela
Aloja no coração nem o sangue chega ao seu
Destino quando mora no cérebro ocupa a
Mente, destrói toda nascente de pensamento
Aniquila a memória e a recordação e a
Lembrança usufrui da energia capta o ânimo
Derruba a disposição e ceifa a criação com a
Preguiça a inspiração é nula a matéria é
Ineficiente a criatividade não existe e a
Imaginação fica embaralhada na linha do
Horizonte e nada se alinha na vida do
Ente preguiçoso é injusto infiel e mentiroso
Tudo o que se puder imaginar de ruim o preguiçoso
É e não percebe pois a preguiça não o deixa perceber
Não conhece a verdade e nem é livre vive enganado
E na ilusão são assim a preguiça e o preguiçoso
O casal do século temos que evitá-lo não nos deixa
Viver e nem fazer o bem não nos deixa indignar contra
O que é errado é o mal do século temos que separá-los
Para o bem do homem e de sua sobrevivência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário