domingo, 15 de julho de 2018

Gostaria de poder; RJ, 01º0201999; Publicado: BH, 0290602012.

Gostaria de poder
Olhar-me no espelho e dizer
Estou a ver um poeta
Gostaria de poder
Olhar os céus a lua e as estrelas
Olhar o sol o mar e as aves
Os pássaros e as borboletas
As árvores e as flores
E poder dizer
Vejo com os olhos de um poeta
Gostaria de poder
Falar para a humanidade
Falar para as multidões
E poder ouvir a exclamação
É a fala de um poeta
Um poeta menor
Simplório sim porém um poeta
Gostaria de poder pensar
Sentir e agir
Como se fosse um poeta
Mas tenho que contentar-me
Em não ser ninguém
Querer ser um poeta
É demais para mim
E o único dom que Deus
Legou-me foi ser assim
Do jeito que sou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário