terça-feira, 17 de julho de 2018

Vaga vaga-lume; TO/SD; Publicado: BH, 0310702013.

Vaga vaga-lume
Pela noite afora
A tentar em vão
Iluminar o céu
Com a tua pequena luz
Que pisca aqui
E pisca ali
A parecer estrelas
Que caíram do céu
E ficaram suspensas no ar
A correr de um lado para outro
A parecer crianças perdidas na noite
A brinca de esconde-esconde
Na noite negra
Vaga vaga-lume
Pelo mundo afora
A tentar levar tua luz
Aos cegos da vida
Mas a noite é grande
E tu vagas tristonho
No teu mundo sem luz
Tua companhia é a noite
Vaga vaga-lume
Tua luz me dá tristeza
Tua solidão me dá dor
E tua noite me dá medo
Mas tua coragem
Dá-me amor
Vaga vaga-lume
Siga em paz a tua noite
A tentar espalhar em vão
Por este mundo negro afora
A tua pequenina luz
Vaga vaga-lume.

Nenhum comentário:

Postar um comentário