sábado, 14 de julho de 2018

Vou deixar de lado o sentimentalismo; RJ, 01º0201999; Publicado: BH, 0290602012.

Vou deixar de lado o sentimentalismo
A sensibilidade e a espiritualidade
Vou deixar de lado a razão e o óbvio a
Lógica e a dialética a ética e a filosofia
Vou mudar meu dia
Meu segundo e meu minuto
E a minha hora
Agora vou-me embora
Vou-me virar ao avesso
Não quero mais saber
Nem de paz e nem de amor
Vou ser só eu mesmo
O meu próprio senhor
É chegar de chorar
De derramar lágrimas
É chegar de lamúrias
Não vou mais lamentar
E de uma vez por todas
Vou deixar tudo de lado
Ignorar o ignorado
Procurar apenas um dia
Não mais me preocupar
Com o que a humanidade 
E a natureza têm a me ofertar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário