sábado, 7 de julho de 2018

Não quero morrer agora; RJ, 01º0201999; Publicado: BH, 0270602012.

Não quero morrer agora
Assim tão fora de hora
Sem ser nada na vida
Apesar que morto
Serei alguma coisa,
Serei um cadáver
Um defunto importante
Todo morto é importante
E todos querem ver um morto
Mesmo que ele seja eu
Pois o morto
Tem mais respeito que o vivo
Não quero morrer assim
Tão ruim
Sem ser bom
Sem fazer o bem
Quero antes de morrer
Pelo menos causar a felicidade
Dos meus pais mulher e filhos
Não quero morrer
Tenho muito que sofrer
Amar ter paz e viver
Quero ser humano ainda
Ser homem e preocupar-me
Com as coisas da vida
Sentir o medo o frio e o calor
Sentir a covardia
Que a morte causa
Em quem está vivo
Não quero morrer agora
Assim tão fora de hora.

Nenhum comentário:

Postar um comentário