segunda-feira, 9 de julho de 2018

Meu sonhar é recuperar as palavras perdidas; BH, 0230801999; Publicado: BH, 0280602012.

Meu sonhar é recuperar as palavras perdidas
Esquecidas no tempo e no espaço e meu 
Sonhar são as palavras não usadas e as letras
Abandonadas encontradas nos lugares mais
Exóticos e de nomes mais diferentes é o 
Armim que é a malha de cabelo perto do 
Casco do cavalo e é o arminho mamífero da
Família dos Mastelídeos de pele alvíssima e
Que no inverno a pele desse animal é de tal
Alvura que muitos não conseguem igualar
Mesmo com os títulos de nobreza e o armista
Especialista em heráldica e a importância do
Armistício no início da paz da felicidade com
A interrupção ou a suspensão das hostilidades
Entre estados em guerra por armoriado de 
Armas e brasões registrado o armorial no 
Livro de brasões dos tempos da aristocracia
Feudal são os velhos romances e obras-primas
Que hoje só poderiam ser criadas pelo
Computador pela máquina pois o cérebro
Humano agora não tem condição de criar mais
Nada principalmente na escrita a não ser
Porcaria como diz minha mulher mediocridade
E pobreza tudo que se pode imaginar em
Matéria de letras já foi criado e imaginado
Tudo já foi pensado dito falado agora só
Resta o plágio as cópias e traduções as
Imitações e as falsificações as variações
Sobre temas já conhecidos estudos e
Ampliações de teses já conhecidas meu
Sonhar é recuperar as letras as palavras
Perdidas meu sonhar é descobrir tesouros
Literários quem mais se atreverá no ensaio?

Nenhum comentário:

Postar um comentário