terça-feira, 19 de junho de 2018

Eu e as pessoas; NL, 060102008; Publicado: BH, 0401002009.


Há pessoas que falam que não penso
Mas cá comigo penso que penso
Penso por exemplo nos animais presos
Nos laboratórios tais as cobaias usadas
Em todo tipo de experiências
Penso no boi no pasto que será
Levado ao abatedouro e depois
Devorado por nós; penso nos touros
Que são massacrados nas arenas de
Touradas e nos animais presos
Nos jardins zoológicos muitas vezes
Longe de suas terras e de seus
Habitat naturais; e os animais que
São maltratados e explorados pelos
Circos? e o que nós perdemos da
Biodiversidade numa queimada
E num desmatamento? minha gente
Queira perdoar-me não concordo
Convosco pois penso que penso e
Não quero enganar-me e nem quero
Iludir-me a meu respeito por isso que
Afirmo com razão que a meu respeito
Digo com convicção: penso e posso até
Nem existir pois para a grande maioria
Só existi quem tem alguma aleivosia mas
Como não tenho nem mesmo
Enredo e muito menos alegoria para
Ela não existo então; e crerei
Que não incomoda nenhum pouco o
Meu coração e o que incomoda-me é o
Que fazemos com a natureza as agressões
Ao meio ambiente a destruição da flora
E dizimação da fauna; essas coisas 
Incomodam-me muito e pensar
Nelas e não contribuir com os crimes
Que as destroem sinto-me existir.

Nenhum comentário:

Postar um comentário